SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue6Chloramphenicol restores the polymorphonuclear accumulation in carrageenin-induced pleurisy in diabetic ratsUse of the Dorfman-Warnke classification (modified by Burke) in veterinary pathology in the evaluation of the lymphadenitis induced through canine parvovirus in guinea -pigs (Cavia porcellus ) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science

Print version ISSN 1413-9596

Abstract

YAMADA, Maria Luiza Assis  and  KOZICKI, Luiz Ernandes. Contribuição ao estudo do diagnóstico de gestação em Capra hircus, através da histologia e citologia do epitélio vaginal. Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. [online]. 1998, vol.35, n.6, pp. 00-00. ISSN 1413-9596.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-95961998000600003.

O experimento objetivou estudar as diferentes características do epitélio vaginal de 55 cabras que, através de exame, conduzissem ao diagnóstico de gestação. Os animais foram divididos em dois grupos, sendo o 1º constituído de 35 animais submetidos a indução hormonal do estro. Cada fêmea desse grupo foi tratada com esponja vaginal impregnada com 50 mg de medroxiprogesterona, a qual permaneceu no interior da vagina durante 10 dias. No 8º dia foram administradas 500 UI de gonadotrofina coriônica humana (via submucosavulvar) e 250 µg de cloprostenol (via intramuscular). O grupo controle, composto por 25 animais, permaneceu sem qualquer tratamento. Procedeu-se à observação do estro, após a retirada das esponjas, sendo as fêmeas cobertas por monta natural dirigida. As coletas do material iniciaram-se no 20º dia pós cobertura, sendo repetidas a cada 10 dias, totalizando 8 por fêmea. O material para a citologia foi colhido com espátulas, na região anterior da vagina e corado pela técnica de Papanicolaou. As amostras para a histologia vaginal foram retiradas por biópsia da mesma região e coradas com HE e PAS com e sem digestão enzimática. Os exames histológicos comprovaram diferenças significativas quanto à espessura do epitélio e composição da camada de superfície do epitélio vaginal. Os animais não-gestantes apresentaram 8 a 10 camadas e superfície composta por células do tipo intermediário alto e/ou superficial, enquanto as gestantes manifestaram epitélio composto por apenas 4 a 5 camadas e células do tipo intermediário baixo na camada superficial, tornando possível diferenciar animais em gestação e não-gestação por esse método. Nos exames citológicos evidenciaram-se células dos tipos intermediário baixo, parabasal e cuboidal em ambos os grupos, não sendo possível diagnosticar gestação, anestro ou diestro.

Keywords : Reprodução; Diagnóstico de gravidez; Histologia; Citologia; Cabras.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese