SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue6Gestation diagnostic in Capra hircus, through histological and cytological analysis of the vaginal epitheliumEffect of season on embryo transfer in superovulated Holstein cows with PMSG author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science

Print version ISSN 1413-9596

Abstract

XAVIER, José Guilherme; LONGATTO FILHO, Adhemar; KANAMURA, Cristina Takami  and  GUERRA, José Luiz. Utilização da classificação de Dorfman-Warnke (modificada por Burke) em patologia veterinária na avaliação da linfadenite induzida por parvovírus canino em cobaias (Cavia porcellus ). Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. [online]. 1998, vol.35, n.6, pp. 00-00. ISSN 1413-9596.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-95961998000600004.

Em patologia humana, a análise e interpretação das linfadenopatias reacionais baseia-se na caracterização morfológica das várias regiões do linfonodo. Em patologia veterinária não há essa padronização. No presente estudo, utilizamos as bases da classificação de Dorfman-Warnke (modificada por Burke), utilizada na área médica humana para avaliarmos uma linfadenite viral experimental em cobaias. Parvovírus canino foi inoculado em coxim plantar de cobaias e a resposta dos linfonodos poplíteos avaliada. No fim de cada período experimental, linfonodos foram excisados, pesados e processados histologicamente em cortes corados pelos métodos de Giemsa, Mallory, Gordon & Sweets e Hematoxilina-Eosina e por meio de imunoistoquímica com anticorpos pan-T e pan-B. Foi observado aumento de peso significante (p<0,05) dos linfonodos ipsilaterais ao sítio de inoculação em comparação com os contralaterais. A resposta folicular nos primeiros linfonodos foi caracterizada por reação do centro germinativo, apresentando perda parcial da delimitação da zona do manto. Em região paracortical aumentou o número de células blásticas, ocorrendo hipertrofia de vênulas pós-capilares. Associou-se discreta hiperplasia de cordões medulares e densificação do estroma reticular. A reação observada apresenta semelhanças com a identificada em humanos frente a estímulo viral, sugerindo a adequação do uso dessa classificação também em medicina veterinária.

Keywords : Parvovírus canino; Linfadenite; Patologia animal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese