SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número5Fígado: vascularização colateral após isquemia induzida por clampeamento da aorta torácicaNíveis residuais em esponjas impregnadas com acetato de medroxiprogesterona (MAP) após o tratamento de sincronização do estro nas ovelhas em período reprodutivo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science

versão impressa ISSN 1413-9596

Resumo

SIMONETTI, Laura; RAMOS, Guillermo  e  GARDON, Juan Carlos. Apresentação e distribuição do estro nas ovelhas tratadas com esponjas intravaginais impregnadas com acetato de medroxiprogesterona (MAP) em combinação com gonadotrofina de égua prenhe (PMSG). Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. [online]. 1999, vol.36, n.5, pp. 00-00. ISSN 1413-9596.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-95961999000500002.

Os objetivos deste trabalho foram: 1) determinar a apresentação e a distribuição do estro através do método convencional de sincronização do estro (tratamento progestágeno-PMSG) num rebanho de ovelhas; e 2) analisar a apresentação e a distribuição do estro em ovelhas adultas e borregas. Um total de 300 ovelhas Merino em período reprodutivo (primavera), incluindo-se 231 ovelhas adultas e 69 borregas, foram tratadas com esponjas intravaginais impregnadas com 60 mg de acetato de medroxiprogesterona (MAP). As esponjas foram retiradas após 14 dias e foram administradas 375 UI IM de gonadotrofina de égua prenhe (PMSG). Utilizaram-se carneiros vasectomizados para a detecção do cio. As ovelhas foram observadas para a presença das marcas a intervalos de 4 horas. Analisaram-se perdas das esponjas, sincronização e distribuição dos cios nas ovelhas adultas e borregas. Detectou-se 1% (3/300) de perda das esponjas. A taxa de sincronização do estro no rebanho de ovelhas foi de 92,93% (276/297), sendo 93,48% (215/230) nas adultas e 91,04% (61/67) nas borregas (p>0,10). Detectou-se a apresentação do cio desde 28 até 68 horas após o tratamento nas duas classes de fêmeas. O intervalo entre a extração das esponjas e a apresentação do cio foi de 46,88 ± 11,78 horas no rebanho de ovelhas, sendo 46,99 ± 12,22 nas adultas e 47,31 ± 10,94 nas borregas (p>0,10). Encontraram-se somente diferenças significativas entre adultas e borregas nos intervalos 34-38 (p<0,10) e 50-54 horas (p<0,05). Conclui-se que o tratamento utilizado foi efetivo na sincronização do estro nas ovelhas.

Palavras-chave : Ovelhas; Sincronização do estro; Acetato de medroxiprogesterona; PMSG; Esponjas.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês