SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número5Níveis residuais em esponjas impregnadas com acetato de medroxiprogesterona (MAP) após o tratamento de sincronização do estro nas ovelhas em período reprodutivoTumor de células da granulosa com metástases numa gata índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science

versão impressa ISSN 1413-9596

Resumo

SANTOS, Silvia Edelweiss Crusco dos et al. Comparação entre cinco diluidores na congelação de sêmen de cães. Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. [online]. 1999, vol.36, n.5, pp. 00-00. ISSN 1413-9596.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-95961999000500004.

Foram utilizados ejaculados de 6 cães para comparar cinco diluidores no processo de congelação de sêmen. Cada ejaculado foi dividido em 5 partes e adicionadas aos diluidores tris-fructose-ácido cítrico, glicina, lactose, leite desnatado e tris-fructose-ácido cítrico. O sêmen foi diluído a 37°C sem adição de glicerol na proporção 1:1 (fração A) e refrigerado durante 60 minutos até atingir a temperatura de 5ºC, quando foi adicionada a fração dos diluidores contendo glicerol (fração B) na proporção 2:1, atingindo a concentração final de 4% de glicerol. O sêmen diluído permaneceu por 60 minutos em refrigeração para equilíbrio no glicerol, sendo envasado em palhetas de 0,5 ml, mantido por 30 minutos no vapor de nitrogênio e imerso e armazenado em nitrogênio líquido. Foram avaliados a motilidade progressiva retilínea, o vigor e os defeitos espermáticos antes da congelação e após a descongelação do sêmen em água a 37°C. Os resultados mostraram que os diluidores tris-fructose-ácido cítrico e glicina apresentaram as melhores médias de motilidade progressiva retilínea e de vigor espermático após a descongelação. A congelação aumentou a freqüência dos defeitos espermáticos maiores independente do diluidor.

Palavras-chave : Diluentes; Congelamento; Sêmen; Cães.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês