SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número6Thoracotomy in the horseInfluence of the development phase of the dominant follicle on the superovulatory response in Nelore heifers índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science

versión impresa ISSN 1413-9596versión On-line ISSN 1678-4456

Resumen

BURGER, Marilise Escobar et al. Investigação da atividade abortiva e/ou infertilizante de Stryphnodendron adstringens (Mart. Coville). Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. [online]. 1999, vol.36, n.6, pp.00-00. ISSN 1413-9596.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-95961999000600003.

Stryphnodendron adstringens (barbatimão) é uma árvore natural dos Estados do Pará ao Mato Grosso do Sul e São Paulo (Brasil). O objetivo deste estudo foi determinar a toxicidade dos extratos das vagens desta espécie e verificar efeitos sobre a gestação de ratas. As vagens foram coletadas na região de Cuiabá (MT, Brasil) e separadas em cascas e sementes. Foram feitos extratos brutos hidroalcoólicos (2:1), a frio e depois levados à secura (máximo 55°C). Ratas fêmeas virgens foram acasaladas e receberam extratos (0,5 ml/100 g de peso, 100 g/l) ou água na mesma proporção (controle) por gavagem do 1° ao 7° dia de gestação. No 7° dia, foram feitas laparatomias para contagem do número de implantes uterinos. As ratas foram sacrificadas no 21° dia de gestação. Os extratos das sementes reduziram o peso do útero e o número de fetos vivos em relação ao grupo controle. A dose média letal (DL50) calculada para o extrato das sementes foi de 4.992,8 mg/kg. A DL50 do extrato das vagens foi maior que 5.000 mg/kg. Pode-se concluir que o extrato das sementes de S. adstringens interfere na gestação de ratas, sendo que esta ingestão pode prejudicar animais herbívoros.

Palabras clave : Infertilidade; Plantas tóxicas; Stryphnodendron adstringens.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons