SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue2Canine Parvovirus infection in puppies with gastroenteritis in Niterói, Rio de Janeiro, Brazil from 1995 to 1997Parameters to evaluate ovine frozen semen for laparoscopic insemination author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science

Print version ISSN 1413-9596

Abstract

HEADLEY, Selwyn Arlington  and  GRACA, Dominguita Lühers. Cinomose: achados epidemiológicos de 250 casos. Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. [online]. 2000, vol.37, n.2, pp. 00-00. ISSN 1413-9596.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-95962000000200009.

Um levantamento nas necropsias de cães realizado de 1985-1997 no Departamento de Patologia Veterinária da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), RS, revelou que 11,7% (250/2136) dos caninos necropsiados apresentaram lesões histológicas e corpúsculos de inclusão consistentes com aqueles produzidos pelo vírus da cinomose. A maioria dos casos ocorreu durante os meses de inverno, em cães com menos de 1,5 ano de idade, provenientes da cidade de Santa Maria. A cinomose é considerada endêmica nessa cidade. Não houve diferença significativa na suscetibilidade entre machos e fêmeas infectados. Cães sem raça definida foram super-representados, mas as raças dolicocefálicas eram mais afetadas do que as braquicefálicas. Encefalopatia pelo vírus da cinomose com corpúsculos de inclusão característicos de cinomose, especialmente nos astrócitos, foi a lesão principal e ocorreu em 82% dos casos. Inclusões eosinofílicas características dessa enfermidade também foram encontradas nas células epiteliais da bexiga (15%), pulmão (6%), estômago (3%), rim (1%) e tonsilas (0,5%).

Keywords : Epidemiologia; Vírus da cinomose canina; Cão.

        · abstract in English     · text in English