SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 número4Parasitismo por Acari e Phthiraptera em cobaios [Cavia Porcellus (Linnaeus, 1758)] de ambientes rural e urbano nos municípios de Silva Jardim e Duque de Caxias, Rio de Janeiro, BrasilAutoenxerto de crista ilíaca de coelhos na união vertebral dorsolateral lombar índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science

versão impressa ISSN 1413-9596

Resumo

MACIEL, Bianca Mendes et al. Ocorrência de sorotipos exóticos de Salmonella encontrados em cães assintomáticos nos distritos do município de Ilhéus / BA - Brasil. Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. [online]. 2004, vol.41, n.4, pp. 247-253. ISSN 1413-9596.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-95962004000400005.

Amostras fecais de cães provenientes de distritos carentes do Município de Ilhéus / BA foram analisadas para a presença de Salmonella spp durante o período de junho de 2001 a abril de 2002. Dezoito (9,47%) dos 190 animais foram considerados positivos sendo que 66,6% destes casos ocorreram com animais até 1 ano de idade, 56% se alimentavam com comida caseira, 66% tinham acesso à fonte de água não tratada e 67% possuía comportamento domiciliar. A sintomatologia da doença não foi percebida em 83,3% dos animais. A S. Gafsa representou o sorotipo mais prevalente (38,9%), seguido pela S. Rubislaw (27,8), S. Carrau (16,7%) e S. enterica subsp. Houtenae (11,1%). Uma cepa não pôde ser identificada. O antibiograma revelou a gentamicina como sendo a droga mais potente, in vitro, para o tratamento das salmonelas encontradas na região de Ilhéus, seguida pela ampicilina. Nossos resultados confirmam que cães representam um importante reservatório de sorotipos exóticos de Salmonella e que ocorre padrões diferentes de sensibilidade a antibióticos entre eles.

Palavras-chave : Salmonella spp.; Resistência a antibióticos; Portador assintomático.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português