SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número39Discursos que formam saberes: uma análise das concepções teóricas e metodológicas que orientam o material educativo de formação de facilitadores de Educação Permanente em Saúde índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Interface - Comunicação, Saúde, Educação

versão impressa ISSN 1414-3283

Resumo

XAVIER, Alex da Silva  e  KOIFMAN, Lilian. Educação superior no Brasil e a formação dos profissionais de saúde com ênfase no envelhecimento. Interface (Botucatu) [online]. 2011, vol.15, n.39, pp. 973-984.  Epub 19-Ago-2011. ISSN 1414-3283.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832011005000019.

Neste artigo discutimos a formação profissional em saúde com foco no envelhecimento, a partir da política pública de Educação Superior no Brasil. Utilizamos o estudo de caso da Universidade Federal Fluminense (UFF). Consideramos, como questão central, o envelhecimento populacional no país, que reforça a necessidade de formação de profissionais de saúde que atendam, com qualidade, as especificidades desse grupo. Apoiados no levantamento bibliográfico da área, apontamos que as mudanças de característica do profissional de saúde se dão em consequência das transformações do contexto sociopolítico, sobretudo a expansão do capitalismo e o processo de mundialização, que imprimem mudanças nas políticas públicas de Educação Superior. Concluímos que formar profissionais de saúde adequados às demandas sociais tem sido desafiador, entretanto, no caso mais profundamente estudado, o da UFF, encontramos uma formação voltada para o atendimento à população idosa, com mudanças de currículos aprimorando tal característica.

Palavras-chave : Políticas públicas; Educação Superior; Envelhecimento.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · pdf em Português