SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue40A discrete dance of resistance: body, art and subjectivation in the artistic workshop of a psychiatric hospitalThe concept of institutional racism: applications within the healthcare field author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Interface - Comunicação, Saúde, Educação

Print version ISSN 1414-3283

Abstract

MATTAR, Laura Davis  and  DINIZ, Carmen Simone Grilo. Hierarquias reprodutivas: maternidade e desigualdades no exercício de direitos humanos pelas mulheres. Interface (Botucatu) [online]. 2012, vol.16, n.40, pp. 107-120.  Epub Mar 06, 2012. ISSN 1414-3283.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832012005000001.

A partir da concepção contemporânea de direitos humanos, o texto discute os direitos reprodutivos e o exercício da maternidade. Após histórico e definição dos direitos reprodutivos e dos direitos sexuais, o artigo trata da maternidade voluntária, segura, socialmente amparada e prazerosa, para propor uma reflexão sobre 'hierarquias reprodutivas'. Defende-se que diferentes aspectos das mães - tal como raça, classe social, idade e parceria sexual - determinam a legitimidade e aceitação social destas maternidades, e, portanto, suas vivências. Quanto maior o número de aspectos 'negativos' presentes na mulher (ou casal) ao exercitar a maternidade e/ou a reprodução e cuidado com os filhos, mais próxima da base da pirâmide hierárquica estará e, ainda, maior dificuldade encontrará no exercício de seus direitos humanos. O texto conclui que são necessárias políticas públicas de suporte social à maternidade para as mulheres que assim escolham, indistintamente, visando promover o exercício de seus direitos humanos.

Keywords : Maternidade; Direitos humanos; Feminismo; Discriminação; Políticas públicas; Direitos reprodutivos.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese