SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue42Methylphenidate: medication as a "gadget" of contemporary lifeCommensality and care: orphan girls and young women in the context of HIV/Aids author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Interface - Comunicação, Saúde, Educação

Print version ISSN 1414-3283

Abstract

SAMPAIO, Liliana Lopes Pedral  and  COELHO, Maria Thereza Ávila Dantas. Transexualidade: aspectos psicológicos e novas demandas ao setor saúde. Interface (Botucatu) [online]. 2012, vol.16, n.42, pp. 637-649. ISSN 1414-3283.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832012000300005.

Os(as) transexuais exibem uma discordância entre sexo biológico e gênero. Em busca de uma adequação, optam por cirurgias, como: neocolpovulvoplastia (mudança do sexo masculino para o feminino), faloplastia (mudança inversa), mastectomia, histerectomia, e hormonioterapia. Este trabalho investigou as situações vividas por essas pessoas na busca de uma harmonia com seus corpos, incluindo os períodos pré e pós-cirúrgicos. Foram entrevistados quatro transexuais que já haviam realizado a cirurgia ou estavam em vias de realizá-la. Observou-se a importância das intervenções cirúrgicas e hormonais, assim como a mudança do nome civil, como condição para uma vida melhor. Constatou-se que a fila de espera no Sistema Único de Saúde (SUS), o protocolo pré-operatório de dois anos, o custo das cirurgias nas clínicas particulares e a falta de regulamentação jurídica para a mudança de documentação são algumas das maiores dificuldades encontradas para a realização do processo transexualizador.

Keywords : Transexualidade; Transgenitalização; Sexo; Gênero; SUS.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese