SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue42Transsexuality: psychological characteristics and new demands on the healthcare sectorThe role of religious experience in facing up to afflictions and health problems author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Interface - Comunicação, Saúde, Educação

Print version ISSN 1414-3283

Abstract

MOREIRA, Sueli Aparecida; FRANCA JUNIOR, Ivan; AYRES, José Ricardo  and  MEDEIROS, Michelle. Comensalidade e cuidado: meninas-jovens-mulheres órfãs no contexto de HIV/Aids. Interface (Botucatu) [online]. 2012, vol.16, n.42, pp. 651-664. ISSN 1414-3283.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832012000300006.

O "monopólio da cozinha", histórica e culturalmente, é atribuído às mulheres, mães. Para cuidar da família, elas elegem alimentos, compram, cozinham e os servem. Sustentam a comensalidade. Em contextos de HIV/Aids, onde há perda da mãe, as filhas tornam-se responsáveis por esses cuidados. O que pensam as meninas do papel de cuidadoras com o qual, prematuramente, deparam-se? O que dizem seus irmãos sobre isso? Realizamos entrevistas semidirigidas com 14 jovens órfãos. Os dados foram analisados pela proposta de Mills (2009). As jovens não demonstram insatisfação por executarem novas tarefas, mas deploram o fato de impedirem o estudo e a vida além-casa. Seus irmãos entendem a lida da cozinha como coisa de mulher e, por isso, dificilmente colaboram. Essas jovens necessitam de cuidados direcionados à situação vulnerável em que vivem. As políticas de Saúde Pública poderiam pleitear macroestruturas que atuassem sobre essa demanda.

Keywords : Comensalidade; Cuidado; Crianças órfãs; Síndrome da Imunodeficiência Adquirida; Jovens.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese