SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue42Gender and healthcare work: a critical view of community health agents' workLimitations of the hegemonic scientific paradigm for dealing with mental distress at primary healthcare units author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Interface - Comunicação, Saúde, Educação

Print version ISSN 1414-3283

Abstract

BALLARIN, Maria Luisa Gazabim Simões; BLANES, Lara de Sousa  and  FERIGATO, Sabrina Helena. Apoio matricial: um estudo sobre a perspectiva de profissionais da saúde mental. Interface (Botucatu) [online]. 2012, vol.16, n.42, pp. 767-778. ISSN 1414-3283.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832012000300014.

O apoio matricial constitui parte dos novos arranjos organizacionais e metodologia para a gestão do trabalho em saúde, objetivando a integração dialógica entre distintas especialidades e níveis de atenção. Este trabalho analisa o apoio matricial sob a ótica de profissionais que atuam na saúde mental em diferentes serviços do município de Campinas, SP, Brasil. Trata-se de estudo qualitativo, envolvendo entrevistas junto a profissionais de diferentes especialidades. Os dados obtidos foram tratados com base na metodologia da análise do discurso. Os resultados evidenciam que a proposição do apoio matricial não foi incorporada com clareza por todos os profissionais, mas viabilizou: a troca de conhecimentos, interdisciplinaridade, construção de estratégias de intervenção e corresponsabilização no campo da clínica. O êxito desses novos arranjos organizacionais exige articulação e trabalho coletivo de todos os atores que buscam a integralidade da atenção.

Keywords : Saúde mental; Gestão em saúde; Apoio matricial.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese