SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número51Formação docente na área da saúde: avaliação, questões e tensõesO aprender fazendo: representações sociais de estudantes da saúde sobre o portfólio reflexivo como método de ensino, aprendizagem e avaliação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Interface - Comunicação, Saúde, Educação

versão On-line ISSN 1807-5762

Resumo

LONGHI, Ana Lía De; BERMUDEZ, Gonzalo Miguel Angel; ABENSUR, Patricia Lima Dubeux  e  RUIZ-MORENO, Lidia. Uma estratégia didática para a formação de educadores em saúde no Brasil: a indagação dialógica problematizadora. Interface (Botucatu) [online]. 2014, vol.18, n.51, pp.759-769. ISSN 1807-5762.  https://doi.org/10.1590/1807-57622013.0967.

O trabalho apresenta uma proposta didática para a formação docente de profissionais da área da saúde denominada “Indagação Dialógica Problematizadora” (IDP), que foi avaliada no espaço curricular “Formação didático-pedagógica em saúde”, formato presencial e virtual, oferecida pelo Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde (Cedess), Universidade Federal de São Paulo. A experiência realizou-se no contexto de um projeto binacional entre Brasil e Argentina. A implementação da IDP permitiu gerar uma dinâmica comunicativa coerente com o posicionamento construtivista e possibilitou uma mudança nas formas comunicativas, do docente e dos alunos, guiadas a partir da problematização de situações relacionadas às experiências dos pós-graduandos. A implementação desta inovação educativa foi coerente com as mudanças curriculares derivadas das atuais políticas de saúde e educação no Brasil.

Palavras-chave : Problematização; Ensino Superior; Comunicação; Formação em saúde; Didática.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol | Inglês     · Inglês ( pdf ) | Espanhol ( pdf )