SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 suppl.1Síndrome de Burnout y factores asociados en profesionales de la Estrategia Salud de la FamiliaAmpliación del acceso: la Acogida por Equipo como estrategia de gestión de la demanda en la Atención Primaria de la Salud (APS) (resumen: p. 17) índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Interface - Comunicação, Saúde, Educação

versión impresa ISSN 1414-3283versión On-line ISSN 1807-5762

Resumen

MARANHAO, Roberto Ribeiro et al. Como se relacionam o escopo de práticas profissionais, a formação e a titulação de médicos de Família e Comunidade?. Interface (Botucatu) [online]. 2020, vol.24, suppl.1, e190640.  Epub 28-Sep-2020. ISSN 1807-5762.  http://dx.doi.org/10.1590/interface.190640.

O objetivo desta pesquisa foi analisar o escopo de prática dos médicos atuantes na Estratégia Saúde da Família (ESF) em Fortaleza-Ceará e suas relações com a formação e titulação em Medicina de Família e Comunidade (MFC). Foi realizado um estudo transversal de abril a novembro de 2018, aplicando-se formulário semiestruturado para 263 médicos, contendo 38 atribuições entre ações, atividades e procedimentos da Medicina. Destacou-se uma maior abrangência dos escopos entre médicos com formação no exterior e com formação específica em MFC, sendo a dupla qualificação da residência médica com a titulação fator de maior impacto. Os médicos declaram saber fazer um número de atividades, ações e procedimentos superior ao que de fato realizam.

Palabras clave : Escopo de prática; Estratégia Saúde da Família; Recursos humanos; Atenção Primária à Saúde; Medicina de Família e Comunidade.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )