SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue2Student participation in the publications of graduate schools: a comparative study between public and private administration programsPerceptions and experiences on assessment: a study with higher education students author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas)

Print version ISSN 1414-4077

Abstract

JOAQUIM, Nathália de Fátima; VILAS BOAS, Ana Alice  and  CARRIERI, Alexandre de Pádua. Entre o discurso praticado e a realidade percebida no processo de formação docente. Avaliação (Campinas) [online]. 2012, vol.17, n.2, pp. 503-528. ISSN 1414-4077.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-40772012000200011.

Este artigo visa compreender como vem acontecendo o processo de formação de professores universitários, por meio do Estágio Docência, em duas instituições de ensino superior, uma pública e outra privada, situadas no estado de Minas Gerais. Durante o desenvolvimento deste trabalho surgiu a necessidade de comparar o que os pós-graduandos afirmavam ser a importância do Estágio Docência e o que, de fato, era realizado durante as suas aulas na graduação. Isto foi feito no intuito de tentar confrontar o discurso e a prática dos professores estagiários. Neste sentido, o objetivo é comparar os resultados entre os grupos investigados, identificando traços comuns e díspares nas duas instituições de ensino superior estudadas. Para tanto, optou-se pela triangulação de dados entre as respostas dos professores estagiários que ministraram aulas na graduação e as respostas dos discentes sobre o seu desempenho. Com isso, foi possível identificar que os professores que estavam mais motivados apresentaram melhor desempenho. Observou-se que a motivação destes professores estava relacionada à aquisição de experiência em sala de aula e a necessidade de adquirir uma proximidade com as atividades docentes. Além disso, afirmaram que a docência para eles teria um caráter não só profissional, mas também pessoal. Outra questão percebida nesta investigação foi que os professores, de modo geral, não conseguiram vincular teoria e prática de maneira plena. Porém, notou-se que os professores estagiários entendiam a importância desta articulação, mas a falta de prática, muitas vezes, era um limitante. E esta prática estava relacionada não só a prática de ministrar aulas, mas também à vivência de mercado. Neste sentido, a Instituição de Ensino Superior (IES) privada apresentou um método de ensino diferenciado, sendo que nesta instituição o pós-graduando pode vivenciar outras três experiências: Pesquisa, Empresa e Projeto Social. Os pós-graduandos da IES pública também foram questionados sobre a possibilidade de optar por outras vivências. O resultado disso foi que a maioria (84,71%) afirmou que embora estas vivências não pudessem substituir o Estágio Docência, seriam práticas interessantes por serem complementares à docência. Percebe-se então que a junção de outras possibilidades de vivenciar a prática, como em laboratórios de aprendizagem, constituiria uma alternativa à formação de professores universitários por viabilizar a construção destes profissionais, de maneira mais completa.

Keywords : Estágio docência; Professor estagiário; Motivação para ensinar; Teoria e prática.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese