SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue2Institutional self-assessment at the Federal University of Ceará (UFC): half a century of historyEpistemological analysis of institutional evaluation of brazilian higher education: reflections on the incorporation of paradigms author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas)

Print version ISSN 1414-4077On-line version ISSN 1982-5765

Abstract

GONCALVES, Mirian L  and  PEREIRA, Elisabete M. A. Contribuições da educação geral na formação de médicos e pedagogos egressos de uma universidade pública. Avaliação (Campinas) [online]. 2015, vol.20, n.2, pp.513-530. ISSN 1982-5765.  https://doi.org/10.590/S1414-40772015000200012.

O texto apresenta os resultados de pesquisa desenvolvida com o objetivo de analisar quais são, para egressos dos cursos de pedagogia e de medicina, da Universidade Estadual de Campinas, as contribuições da formação universitária para uma atuação como profissional-cidadão. Procuramos desvendar a partir da avaliação dos egressos, aspectos de Educação Geral ao longo da formação, tanto nos currículos dos cursos como nas vivências universitárias oferecidas pela Unicamp. A pesquisa teve como base a importância de se ter uma formação universitária que ultrapasse os limites da formação técnica profissional específica e se estenda para uma que possibilite o desenvolvimento do senso crítico, do pensamento reflexivo, comportamento ético, habilitando para uma atuação com responsabilidade social. A amostra foi composta por 22,3% dos egressos do curso de medicina e 23,1% do curso de pedagogia. Os egressos de ambos os cursos avaliam que os aspectos de Educação Geral que mais vivenciaram foram as “discussões sobre grandes temas” e “estudos de clássicos da cultura ocidental”. Quanto à atuação profissional, mais de 90% desses egressos encontram-se atuando na sua área de formação e têm autopercepção de que atuam como profissionais-cidadãos. A maioria (70%) dos egressos avalia ainda que esta atuação está relacionada à formação dada na universidade que foi: adequada para as práticas profissionais; amparada em conhecimentos científicos; com visão social; pautada na ética; com valores humanos, ou seja, possui elementos de Educação Geral que possibilitaram uma formação de profissionais-cidadãos.

Keywords : Universidade; Educação geral; Egressos; Pedagogia; Medicina.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )