SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número1Incidência e mortalidade por hepatite B, de 2001 a 2009: uma comparação entre o Brasil, Santa Catarina e FlorianópolisParticipação no programa de atividade física de idosos residentes em uma Casa Gerontológica no Rio de Janeiro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos Saúde Coletiva

versão impressa ISSN 1414-462X

Resumo

RODRIGUES, Luciana Afonso; VIEIRA, Jane Darley Martins  e  LEITE, Isabel Cristina Gonçalves. Avaliação do fluxo de referência para um centro de especialidades odontológicas implantado em cidade de médio porte na região Sudeste. Cad. saúde colet. [online]. 2013, vol.21, n.1, pp.40-45. ISSN 1414-462X.  https://doi.org/10.1590/S1414-462X2013000100007.

A organização, pelos gestores da saúde, de um adequado sistema de referência à atenção especializada ainda representa um dos mais importantes desafios a serem enfrentados e evidencia, no cotidiano dos serviços, a busca por uma assistência integral aos cidadãos. Foi avaliado o fluxo de referência dos usuários que acessam os serviços prestados pelo Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) implantado em cidade de médio porte da Região Sudeste brasileira. Foi feita análise quantitativa pautada na qualidade dos registros encontrados em prontuários e formulários de referência utilizados na unidade, perfazendo um total de 409 prontuários referentes aos meses de setembro e outubro de 2011. Os resultados encontrados foram: prontuários completos: 71,4% para endodontia, 62,9% para cirurgia e diagnóstico de câncer bucal e 74% para periodontia. Prontuários legíveis: 74,3% para endodontia, 72% para cirurgia e diagnóstico de câncer bucal e 84,3% para Periodontia. Prontuários com indicação de tratamento especializado em conformidade com os critérios ministeriais preconizados: 62,1% para endodontia, 59,4% para cirurgia e diagnóstico de câncer bucal e 77,2% para periodontia. A organização do sistema de referência e contrarreferência representa um dos eixos básicos para uma assistência integral à saúde.

Palavras-chave : Política Nacional de Saúde; saúde bucal; Sistema Único de Saúde; assistência integral à saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons