SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número2Morbidade hospitalar por doenças associadas à poluição do ar na cidade de Volta Redonda, Rio de Janeiro: casos e custo econômicoExposição ocupacional ao difluobenzuron: avaliação de metemoglobina após a jornada de trabalho dos guardas de endemias atuantes na região do grande Rio de Janeiro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos Saúde Coletiva

versão impressa ISSN 1414-462Xversão On-line ISSN 2358-291X

Resumo

BAHIA, Camila Alves; GUIMARAES, Raphael Mendonça  e  ASMUS, Carmen Ildes Rodrigues Fróes. Alterações nos marcadores hepáticos decorrentes da exposição ambiental a organoclorados no Brasil. Cad. saúde colet. [online]. 2014, vol.22, n.2, pp.133-141. ISSN 1414-462X.  http://dx.doi.org/10.1590/1414-462X201400020005.

Objetivos:

Estimar a magnitude da associação entre a exposição a resíduos de pesticidas organoclorados (OC) e alterações de marcadores hepáticos.

Método:

Estudo seccional conduzido em população exposta a OC residente em Cidade dos Meninos,

Duque de Caxias (RJ), Brasil (n=354). Foram calculadas as taxas de alterações dos marcadores hepáticos (Alanina aminotransferase (ALT), Aspartato aminotransferase (AST), fosfatase alcalina, gama glutamil transpeptidase (GGT) e albumina) e, em seguida, por meio de regressão logística binária não condicional, foi estimada a associação entre a presença ou não de alterações e os grupos de exposição, criados com base na exposição a alimentos, solo e água contaminados no local. Razões de chance (Odds ratio- OR) brutas e ajustadas para os grupos de exposição e para os fatores de confusão e seus respectivos intervalos de confiança (IC95%) foram obtidos.

Resultados:

Após ajuste pela regressão logística, os resultados do presente estudo apontam para nenhuma associação entre alterações em enzimas hepáticas e a exposição a OC.

Conclusão:

O achado sugere que o metabolismo que envolve a distribuição e a biotransformação de OC no organismo não envolve toxicidade direta ao fígado.

Palavras-chave : inseticidas organoclorados; gastroenterologia; disruptores endócrinos; Brasil.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )