SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue1Occupational accidents related to cattle slaughter in Mato Grosso, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Cadernos Saúde Coletiva

Print version ISSN 1414-462XOn-line version ISSN 2358-291X

Abstract

GUIMARAES, Raphael Mendonça et al. Desflorestamento e incidência de malária na região da Amazônia Legal entre 1996 e 2012. Cad. saúde colet. [online]. 2016, vol.24, n.1, pp.3-8.  Epub Apr 01, 2016. ISSN 1414-462X.  http://dx.doi.org/10.1590/1414-462X201500040125.

A malária é um problema de saúde pública, sendo o Brasil, na América, o país que mais contribui com o número de casos. A Amazônia Legal concentra a maioria dos casos, cerca de 99,5%. O objetivo deste artigo é comparar as tendências da taxa de desflorestamento e o índice parasitário por malária na região da Amazônia Legal entre 1996 e 2012. Foram estimados a taxa bruta anual de desflorestamento e o Índice Parasitário Anual de Malária entre 1996 e 2012, para a Amazômia Legal e seus estados. Obtiveram-se a série histórica dos dois indicadores e as estatísticas descritivas por ano e por estado. A taxa de desflorestamento apresenta grande variabilidade entre os estados, ano a ano, e situação semelhante é observada para o IPA de malária no período. Há variação importante quando são observados os estados dentro do mesmo período. As séries históricas da taxa bruta de desflorestamento e do IPA de malária apresentam tendências semelhantes, com um lag de 1-2 anos entre elas, sugerindo que as oscilações nos números de desflorestamento impactam os números de malária em período imediatamente posterior. O mapeamento das áreas desflorestadas e a análise de séries temporais, portanto, são úteis na análise da malária.

Keywords : malaria; ambiente; Amazônia.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )