SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número1Avaliação de um programa de vigilância ao recém-nascido de risco no Sul do BrasilOsteoporose e Expectativa de Vida Saudável: estimativas para o Brasil em 2008 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos Saúde Coletiva

versão impressa ISSN 1414-462Xversão On-line ISSN 2358-291X

Resumo

OLIVEIRA, Carlos Ariel Souza de; PINTO, Francisco Cid Coelho; VASCONCELOS, Thiago Brasileiro de  e  BASTOS, Vasco Pinheiro Diógenes. Análise de indicadores assistenciais em uma Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica na cidade de Fortaleza/CE. Cad. saúde colet. [online]. 2017, vol.25, n.1, pp.99-105.  Epub 30-Mar-2017. ISSN 1414-462X.  http://dx.doi.org/10.1590/1414-462x201700010220.

Introdução

Os indicadores de saúde são medidas que refletem informações sobre diferentes dimensões e atributos da saúde e dos fatores que a determinam. O estudo teve como objetivo analisar os indicadores de uma Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica, traçando o perfil do diagnóstico dos pacientes internados na UTI em estudo e verificando as taxas de ocupação, tempo de permanência e outros dados importantes para o hospital.

Métodos

A pesquisa foi de caráter descritivo, exploratório, longitudinal, documental, prospectivo e de abordagem quantitativa. A coleta de dados foi realizada de Março de 2015 a Fevereiro de 2016, conforme aprovação do Comitê de Ética do referido hospital.

Resultados

A amostra em estudo tinha como idade média 10,63 ± 0,50 anos, com 73,10 ± 2,45% de prevalência do gênero masculino, onde o Traumatismo Crânio Encefálico (TCE) sobressaiu-se como causa, e a taxa de ocupação no período do estudo foi de 86,13%.

Conclusão

Concluiu-se que o gênero masculino teve uma prevalência na UTI Pediátrica em relação ao gênero feminino, apresentando como acometimento principal Traumatismo Crânio Encefálico, evidenciando uma média de 8,72 ± 0,47 dias de utilização da ventilação mecânica e 75,30% de taxa de utilização de ventilação mecânica.

Palavras-chave : indicadores; pediatria; terapia intensiva; sistema de saúde.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )