SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue2Liberty in works by the young Marx: references for reflections on ethicsThe historic-ontological Constitution of ethics and human rights author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Katálysis

Print version ISSN 1414-4980

Abstract

HAMEL, Marcio Renan. Da ética kantiana à ética habermasiana: implicações sociojurídicas da reconfiguração discursiva do imperativo categórico. Rev. katálysis [online]. 2011, vol.14, n.2, pp. 164-171. ISSN 1414-4980.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-49802011000200003.

Este artigo aborda a reconstrução do imperativo categórico de Kant pela ética do discurso de Habermas. O procedimento metodológico adotado combinou vários métodos científicos: o dedutivo, ao se partir de teoria geral acerca do tema proposto para chegar a conclusões sobre situações particulares; o tipológico, no estudo de um tipo ideal para a criação desse mesmo modelo na realidade; o analítico, referindo-se à análise conceitual e à busca pelo emprego rigoroso de conceitos; o hermenêutico-fenomenológico, no qual a categoria epistemológica fundamental é a compreensão e a meta, a interpretação dos fatos. Na primeira seção, o texto trata da formulação do imperativo categórico, suas consequências para a ação humana e fórmulas derivadas. A seguir, é apresentada a proposta habermasiana de sua ética do discurso, o princípio da universalização e a redução do agir ético à ação monológica. Por derradeiro, estabelece-se uma relação entre as duas posturas teórico-filosóficas e as consequências sociojurídicas da ética habermasiana para uma Teoria da Sociedade.

Keywords : Ética deontológica; Ética discursiva; Universalidade; Teoria da Sociedade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese