SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número2Da ética kantiana à ética habermasiana: implicações sociojurídicas da reconfiguração discursiva do imperativo categóricoMídia e direitos humanos: tensionamentos e problematizações em tempos de globalização neoliberal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Katálysis

versão impressa ISSN 1414-4980

Resumo

SANTOS NETO, Artur Bispo dos. A constituição histórico-ontológica da ética e dos direitos humanos. Rev. katálysis [online]. 2011, vol.14, n.2, pp. 172-181. ISSN 1414-4980.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-49802011000200004.

Procedendo em consonância com as reflexões desenvolvidas por Géorg Lukács e Karl Marx, o presente texto inscreve-se no horizonte de perspectivas abertas pela concepção materialista da história. Partindo do entendimento de que existe uma distinção nodal entre eticidade e direito, busca-se, primeiramente, ilustrar a gênese e o desenvolvimento da eticidade no contexto das sociedades de classes, bem como seus limites e suas possibilidades acerca do processo de constituição do indivíduo plenamente articulado com a universalidade. A a seguir, elenca-se a articulação existente entre direito e complexo econômico, destacando a peculiaridade de sua autonomia relativa frente aos demais complexos que envolvem a totalidade social. Por fim, destaca-se como o estabelecimento das bases ontológicas do sistema da eticidade e do direito, na perspectiva marxiana, permite uma crítica contundente às impostações axiológicas dos direitos humanos e às vacuidades reformistas do sistema da eticidade hegeliana, que têm no Estado sua forma mais elevada de realização.

Palavras-chave : Trabalho; Marxismo; Filosofia hegeliana; Estado; Emancipação Humana.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português