SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue10Political ecology: Guerreiro Ramos and Fritjof CapraNew concept for quilombo: identity and territory within theoretical definitions author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ambiente & Sociedade

On-line version ISSN 1809-4422

Abstract

FUTTEMA, Célia; CASTRO, Fábio de; SILVA-FORSBERG, Maria Clara  and  OSTROM, Elinor. A emergência e os resultados da ação coletiva: uma abordagem institucional e ecossistêmica. Ambient. soc. [online]. 2002, n.10, pp. 107-127. ISSN 1809-4422.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-753X2002000100007.

A participação numa ação coletiva é estudada com freqüência por meio de uma análise baseada nas comunidades e enfocada nas características sociais dos participantes e nas características ecológicas do sistema manejado. Este estudo refere-se à importância de se limitar a análise ao nível das famílias para compreender os diferentes incentivos individuais que colaboram (ou não), assim como de se ampliar a análise ao nível da esfera territorial a fim de se avaliar o resultado ecológico das formas locais de ação coletiva. Um estudo feito numa comunidade costeira de 33 famílias na Baixa Amazonia situada entre dois ecosistemas diferentes -uma mata/floresta de propriedade privada situada em terras altas e uma planície pluvial pertencente a uma comunidade- revela que a análise baseada nas famílias mostra que a heterogeneidade dentro da comunidade conduz a diferentes incentivos para participar das atividades na planície pluvial. A análise sistêmica, no entanto, mostra que a interconexão entre o ecosistema manejado e o ecosistema adjacente influi nas decisões para participar assim como nos resultados das ações coletivas.

Keywords : ação coletiva; recursos naturais compartilhados; ecosistema; planície pluvial; uso florestal; heterogeneidade; Baixa Amazônia; direitos de propriedade; capital social; terras altas.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English