SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 issue2Ethics and technology? Dialoguing with Marx, Spengler, Jünger, Heidegger and JonasUrban environment and perception to noise pollution author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Ambiente & Sociedade

On-line version ISSN 1809-4422

Abstract

GERHARDT, Cleyton Henrique  and  ALMEIDA, Jalcione. A dialética dos campos sociais na interpretação da problemática ambiental: uma análise crítica a partir de diferentes leituras sobre os problemas ambientais. Ambient. soc. [online]. 2005, vol.8, n.2, pp. 53-84. ISSN 1809-4422.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-753X2005000200004.

A problemática ambiental constitui, atualmente, um importante espaço catalisador e produtor de valores regulatórios da vida humana e não-humana na biosfera terrestre. Porém, o que faz com que esta temática adquira tamanha envergadura em relação à sua identificação como problema social importante? A hipótese lançada aqui é a de que por trás desta difusa sensibilidade ambiental encontra-se em processo a configuração de um campo ambiental relativamente estruturado, no qual se busca, cada vez mais, a legitimidade para tratar das discussões sobre tudo aquilo que diz respeito ao meio ambiente. Neste sentido, tal espaço de lutas simbólicas tende a concentrar confrontos em torno do reconhecimento de certas ações e modos de pensamento, sendo que o que está colocado em jogo, neste caso, são as próprias percepções acerca do que seja o meio ambiente e, em contrapartida, as relações ontológicas construídas entre seres humanos e natureza. Com isto, a paulatina estruturação de um campo ambiental - este último funcionando como um amplo, dinâmico, instável e heterogêneo espaço de debate e de ação - tende a fazer com que determinados conceitos e práticas possam naturalizar-se e, concomitantemente, serem reconhecidas como "ambientalmente corretas". Em suma, a constituição deste domínio prático/discursivo irá concentrar os agentes e suas disputas sobre que saberes, comportamentos e procedimentos deveriam ser instituídos como sendo os mais "adequados" do ponto de vista ambiental. Entretanto, nesta perspectiva, o que seria visto (e adotado) como ambientalmente "correto" ou "adequado" está, desde já, em disputa.

Keywords : problemática ambiental; campo ambiental; sociologia ambiental.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese