SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número3Trabalho rural, saúde e ambiente: as narrativas dos produtores de flor frente aos riscos socioambientais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ambiente & Sociedade

versão On-line ISSN 1809-4422

Resumo

MASSARANI, Luisa et al. O que pensam os pequenos agricultores da Argentina sobre os cultivos geneticamente modificados?. Ambient. soc. [online]. 2013, vol.16, n.3, pp.1-22. ISSN 1809-4422.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-753X2013000300002.

Ao longo dos últimos quinze anos, a Argentina tornou-se um dos maiores produtores e exportadores mundiais de cultivos geneticamente modificados (GM). Neste processo, questões como riscos ambientais, vantagens e desvantagens econômicas, a intensificação das desigualdades entre grandes e pequenos agricultores, entre outras, têm sido debatidas por diversos atores sociais. No entanto, os pequenos agricultores permanecem, em grande parte, ausentes da discussão. Neste artigo, são apresentados os resultados de um estudo utilizando grupos focais, sobre a percepção e as atitudes dos pequenos agricultores argentinos em relação aos cultivos GM. Os resultados sugerem satisfação dos agricultores locais com a nova tecnologia, mas também receios quanto aos impactos ambientais e sociais do cultivo de organismos geneticamente modificados.

Palavras-chave : Cultivos geneticamente modificados; Agricultores; Percepção pública; Argentina.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons