SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número3A inclusão da aviação no esquema europeu de comércio de carbonoA construção de uma arena ambiental para a conservação da biodiversidade marinha no Chile índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ambiente & Sociedade

versão On-line ISSN 1809-4422

Resumo

GANEM, Roseli Senna; DRUMMOND, José Augusto  e  FRANCO, José Luiz de Aandrade. Conservation polices and control of habitat fragmentation in the Brazilian Cerrado biome. Ambient. soc. [online]. 2013, vol.16, n.3, pp.99-118. ISSN 1809-4422.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-753X2013000300007.

O Cerrado constitui a savana mais biodiversa e mais ameaçada do Planeta. O bioma já perdeu 48,2% de sua cobertura original e sofre com um intenso processo de fragmentação de habitats. Este trabalho verificou em que medida as ações governamentais e não-governamentais de conservação da biodiversidade proporcionam uma política integrada que proteja os remanescentes de vegetação nativa do Cerrado, com intuito de e fomentar a sua conectividade. A pesquisa mostrou que os efeitos do esforço de criação de unidades de conservação neste ambiente ainda são poucos, pois apenas 3,1% do bioma estão protegidos em unidades de proteção integral. Além disso, os órgãos públicos envolvem-se com o planejamento da conservação. Devido à falta de articulação, ocorre comumente a sobreposição de projetos num mesmo território e, consequentemente, há desperdício de recursos e falta de efetividade. Os projetos dependem de recursos internacionais e há carência de ações básicas de fomento à conservação nas terras privadas, incluindo a adoção de estímulos econômicos aos proprietários rurais.

Palavras-chave : Cerrado; Conservação da natureza; Biodiversidade; Fragmentação de habitats; Políticas públicas.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons