SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue1GIs AND ENVIRONMENTAL CONSERVATION - NOTES ON EXPERIENCES IN DIFFERENT IBERIAN-AMERICAN CONTEXTSENVIRONMENTAL PROTECTION AREAS: THE CASE OF THE BEBEDOURO STREAM WATERSHED author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ambiente & Sociedade

Print version ISSN 1414-753XOn-line version ISSN 1809-4422

Abstract

BRITO, MICHELE FERNANDA MARQUES DE; MARIN, EDNA ARÉVALO  and  CRUZ, DENISE DIAS DA. PLANTAS MEDICINAIS NOS ASSENTAMENTOS RURAIS EM UMA ÁREA DE PROTEÇÃO NO LITORAL DO NORDESTE BRASILEIRO. Ambient. soc. [online]. 2017, vol.20, n.1, pp.83-104. ISSN 1414-753X.  http://dx.doi.org/10.1590/1809-4422asoc20150034r2v2012017.

O objetivo do presente estudo foi realizar um levantamento etnobotânico sobre o conhecimento e uso de plantas medicinais em cinco comunidades rurais localizadas dentro da Área de Proteção Ambiental Tambaba, litoral sul paraibano. Os dados foram coletados através de entrevista semiestruturada com 58 informantes-chave com idade entre 28 a 83 anos. Foram registradas 71 espécies distribuídas em 47 famílias, sendo Leguminosae a mais citada. As folhas foram as partes mais citadas e o chá foi o modo de preparo mais comum. O índice de Valor de Uso revelou um grupo de nove espécies mais utilizadas pelas comunidades. O Fator de Consenso do Informante indicou as doenças do sistema respiratório como as mais tratadas. O teste de permutação ANOSIM-oneway mostrou a semelhança entre as comunidades ao comparar as relações entre as espécies e seus usos terapêuticos. Essas comunidades usam as plantas medicinais como uma alternativa eficiente e imediata para o tratamento de doenças cotidianas.

Keywords : Etnobotânica; Mata Atlântica; Unidades de Conservação; Conhecimento tradicional; Comunidade rural.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )