SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número2DESASTRES NATURAIS: ALTRUÍSMO, INTERESSES E OPORTUNIDADESATORES E REDES NA CONSTRUÇÃO DE TERRITÓRIOS AMBIENTAIS: O CASO DA APA DA BALEIA FRANCA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ambiente & Sociedade

versão impressa ISSN 1414-753Xversão On-line ISSN 1809-4422

Resumo

ALVES, TELMA LUCIA BEZERRA; AZEVEDO, PEDRO VIEIRA DE  e  CANDIDO, GESINALDO ATAÍDE. INDICADORES SOCIOECONÔMICOS E A DESERTIFICAÇÃO NO ALTO CURSO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PARAÍBA. Ambient. soc. [online]. 2017, vol.20, n.2, pp.19-38. ISSN 1414-753X.  http://dx.doi.org/10.1590/1809-4422asoc179r1v2022017.

O objetivo foi avaliar a relação entre os indicadores socioeconômicos e a degradação das terras no alto curso da bacia hidrográfica do Rio Paraíba. Foram selecionados indicadores com base na literatura específica e com disponibilidade de dados censitários, identificando-se a relação positiva ou negativa desses indicadores com o processo de degradação das terras. Os valores médios do indicador socioeconômico municipal (Isem) revelam que está havendo degradação das terras em todo o alto curso da bacia hidrográfica, porém predominantemente em níveis baixos, sendo a região noroeste a área com maior pressão antrópica. Há uma tendência de aumento do índice socioeconômico no alto curso da bacia hidrográfica (Iseb), com valor médio que indica uma situação de degradação “Moderada”.

Palavras-chave : Agropecuária; Semiárido; Desertificação..

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf epdf ) | Inglês ( pdf epdf )