SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número2ATORES E REDES NA CONSTRUÇÃO DE TERRITÓRIOS AMBIENTAIS: O CASO DA APA DA BALEIA FRANCAA EFETIVIDADE DOS SISTEMAS DE AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL NOS ESTADOS DE SÃO PAULO E MINAS GERAIS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ambiente & Sociedade

versão impressa ISSN 1414-753Xversão On-line ISSN 1809-4422

Resumo

NUNES, MARIA ERIVANIR RODRIGUES; FRANCA, LEONARDO FERNANDES  e  PAIVA, LUCIANA VIEIRA DE. EFICÁCIA DE DIFERENTES ESTRATÉGIAS NO ENSINO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ASSOCIAÇÃO ENTRE PESQUISA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Ambient. soc. [online]. 2017, vol.20, n.2, pp.59-76. ISSN 1414-753X.  http://dx.doi.org/10.1590/1809-4422asoc228r1v2022017.

Neste estudo avaliamos três aspectos de um processo de Educação Ambiental (EA): relação entre grau de conhecimento e grau de interesse pela conservação da biodiversidade, eficiência da EA em atividades in loco versus ex loco na natureza e relação entre nível de envolvimento pessoal e aumento no conhecimento-interesse pela conservação. Para isso, estudantes do ensino médio de uma escola pública do RN foram divididos em grupos com diferentes níveis de participação (alto, médio e baixo) em atividades realizadas in loco e ex loco na natureza. Observamos a relação direta entre grau de conhecimento e nível de interesse pela conservação da natureza. Constatamos que atividades práticas com ou sem a presença do ambiente natural foram eficientes para a EA, porém sendo as atividades in loco mais efetivas. Por fim, estudantes com maior grau de participação nas atividades propostas foram mais sensibilizados pela ação.

Palavras-chave : Biodiversidade; Educação Ambiental; Escolas; Semiárido; Valoração..

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf epdf ) | Inglês ( pdf epdf )