SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 número3La unidad de quimioterapía en la perspectiva de los clientes: indicativos para gestión del ambiente en la enfermería oncológicaDolor neuropático central después de lesión medular traumática: capacidad funcional y aspectos sociales índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Escola Anna Nery

versión impresa ISSN 1414-8145

Resumen

POVEDA, Vanessa de Brito  y  GALVAO, Cristina Maria. Frequência de infecção do sítio cirúrgico em gastrectomia. Esc. Anna Nery [online]. 2005, vol.9, n.3, pp.397-403. ISSN 1414-8145.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452005000300007.

A presente investigação teve como objetivo identificar a freqüência de infecção do sítio cirúrgico (ISC), em paciente submetido a cirurgia eletiva de gastrectomia, potencialmente contaminada, na especialidade de Gastrocirurgia, no período compreendido de 1998 a 2002, em um hospital escola de Ribeirão Preto - SP. Realizou-se um estudo retrospectivo, por meio do levantamento de informações contidas nos prontuários médicos. Em 181 casos investigados, detectou-se a ocorrência de infecção do sítio cirúrgico em 17 pacientes (9,4%), sendo 23,5% classificadas como infecção incisional superficial; 52,9%, infecção incisional profunda e 23,5%, infecção de órgão/espaço; 41,2% dos casos de infecção desenvolveram-se no período de 6 a 10 dias após a cirurgia e foram isolados diferentes microrganismos nas culturas solicitadas. Evidenciou-se que a freqüência de ISC em cirurgia potencialmente contaminada está de acordo com o encontrado na literatura. Entretanto, em relação à topografia, a maioria dos casos detectados foi classificada como infecção incisional profunda e a literatura retrata que dois terços das infecções são confinados à incisão.

Palabras clave : Infecção da ferida operatória; Gastrectomia; Enfermagem Perioperatória.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons