SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número4Construção de um paradigma de cuidado de enfermagem pautado nas necessidades humanas e de saúdeA produção científica da enfermagem e a utilização da teoria de Madeleine Leininger: revisão integrativa 1985 - 2011 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Escola Anna Nery

versão impressa ISSN 1414-8145

Resumo

COELHO, Sónia Margarida Santos  e  MENDES, Isabel Margarida Dias Monteiro. Da pesquisa à prática de enfermagem aplicando o modelo de adaptação de Roy. Esc. Anna Nery [online]. 2011, vol.15, n.4, pp. 845-850. ISSN 1414-8145.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452011000400026.

Os modelos e as teorias de enfermagem contribuem para o desenvolvimento do conhecimento em enfermagem, guiando as investigações no sentido do desenvolvimento da disciplina e, consequentemente, da prática. De acordo como o Modelo de Adaptação de Roy, a pessoa é vista como um ser adaptável com mecanismos que permitem a adaptação de comportamentos em resposta aos estímulos ambientais. De fato, a pessoa é o enfoque central dos cuidados de enfermagem, visando-se sempre a melhoria dos cuidados prestados baseados em investigação. A metodologia do Modelo de Adaptação de Roy baseia-se na aplicabilidade do processo de enfermagem, facilitando aos enfermeiros a coleta de dados, estabelecimento de objetivos e diagnósticos de enfermagem, a determinação de intervenções de enfermagem e a posterior avaliação do processo. Assim o objetivo desta pesquisa é realizar uma revisão crítica da aplicação do Modelo Adaptação de Roy aplicado à prática e à pesquisa em Enfermagem.

Palavras-chave : Teoria de Enfermagem; Modelo de adaptação; Enfermagem.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · pdf em Português