SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue1Biosecurity strategies of healthcare workers in the care for people with HIV/AIDS (1986-2006)The trajectory of cancer as told by nurses: moments of revelation, adaptation and the healing experience author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Escola Anna Nery

Print version ISSN 1414-8145

Abstract

PASCHOAL, Eduardo Pereira et al. Adesão à terapia antirretroviral e suas representações para pessoas vivendo com HIV/AIDS. Esc. Anna Nery [online]. 2014, vol.18, n.1, pp.32-40. ISSN 1414-8145.  http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20140005.

Neste estudo objetivou-se analisar o processo de adesão à terapia antirretroviral e suas representações sociais para pessoas que vivem com HIV/AIDS. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa e descritiva, elaborado à luz da Teoria das Representações Sociais. Participaram 30 pessoas em tratamento ambulatorial para HIV/AIDS em um hospital público do Rio de Janeiro. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e submetidos à análise de conteúdo temática. Observa-se que os eventos adversos decorrentes da terapia, o medo de ter a soropositividade revelada e o fato de não se perceber doente implicam o abandono da terapia, e que o amparo profissional e familiar é essencial para a que a pessoa prossiga com a terapia. Conclui-se que o processo de adesão evidencia um processo de mudanças simbólicas, do início do tratamento até sua estabilização, expresso em atitudes e imagens da doença, do vírus e dos medicamentos.

Keywords : Adesão à medicação; Síndrome da Imunodeficiência Adquirida; Enfermagem.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )