SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue1The psychology approach on the issue of disasters: a challenge for the vocational and cognitive psychologyThe inner side of experience: attention to oneself and the production of subjectivity in a pottery workshop for acquired sight deficiency people author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Ciência e Profissão

Print version ISSN 1414-9893

Abstract

SAMPAIO, Juliana; SANTOS, Maria de Fátima de Souza  and  SILVA, Maria Rejane Ferreira da. A representação social da maternidade de crianças em idade escolar. Psicol. cienc. prof. [online]. 2008, vol.28, n.1, pp. 174-185. ISSN 1414-9893.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-98932008000100013.

As representações sociais são conhecimentos socialmente articulados que dão sentido à realidade. A criança, ao se apropriar da realidade, compartilha significados, dá sentido à figura materna e, em conseqüência, ao seu próprio papel de filho/a. Este estudo investiga o conteúdo e a estrutura da representação social da maternidade de crianças em idade escolar de classe social média-alta. Foram aplicadas entrevistas semidirigidas, solicitados desenho e história sobre mãe e aplicado o teste de tri-hierarquização de itens, de Abric (1994), para 16 crianças de ambos os sexos, entre 8 e 10 anos, de uma escola particular do Recife. Observou-se que a representação social de mãe está calcada no amor e abnegação incondicionais ao filho, que respaldam tarefas como dar limites, educar, passear, dar carinho. Conclui-se que o amor e a abnegação são o núcleo central da representação da maternidade e têm conseqüências diretas na estruturação da identidade de crianças e mulheres.

Keywords : Representação social; Maternidade; Crianças em idade escolar; Identidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese