SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número1Ver-Sus: relato de vivências na formação de PsicologiaRepresentações sociais, saúde mental e imigração internacional índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Psicologia: Ciência e Profissão

versão impressa ISSN 1414-9893

Resumo

MACHADO, Amélia Carolina Terra Alves; RUFINI, Sueli Édi; MACIEL, Aline Guilherme  e  BZUNECK, José Aloyseo. Estilos motivacionais de professores: preferência por controle ou por autonomia. Psicol. cienc. prof. [online]. 2012, vol.32, n.1, pp. 188-201. ISSN 1414-9893.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-98932012000100014.

A motivação é fundamental para o envolvimento dos estudantes na escola. Para a teoria da autodeterminação, o estilo motivacional do professor, que pode controlar ou promover a autonomia, contribui para fomentar a ocorrência de tipos qualitativamente diferenciados de motivação. Neste estudo, de natureza exploratória, foram analisadas as interações entre dois professores e seus alunos. A amostra foi composta de acordo com o desempenho de 39 professores na avaliação do estilo motivacional, mediante a aplicação de um instrumento de autorrelato, problemas na escola. Desse total, dois professores, um com estilo motivacional promotor de autonomia e outro com uma orientação para o controle, tiveram suas aulas observadas em sete sessões, com o objetivo de levantar dados para a elaboração de um protocolo que continha categorias de interações. Foram então realizadas outras sete sessões de observação. Os resultados indicaram que, apesar de terem sido encontradas diferenças entre os desempenhos na avaliação do estilo motivacional, os professores interagiram com seus alunos de modo preferencialmente controlador. No entanto, o professor que promovia a autonomia interagiu de modo menos controlador no gerenciamento do tempo destinado para a realização das atividades em classe quando comparado ao professor controlador, além de oferecer feedback informativo. As implicações educacionais dos resultados são analisadas.

Palavras-chave : Motivação intrínseca; Motivação extrínseca; Atitudes do professor; Interação professo-raluno; Ensino fundamental.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · pdf em Português