SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.3 número3RENDIMENTO DO FEIJOEIRO IRRIGADO SUBMETIDO A DIFERENTES LÂMINAS DE ÁGUA COM IRRIGAÇÃO POR SULCOUSO DE AREIA GROSSA E MANTA DE POLIÉSTER COMO MATERIAIS-ENVELOPE NUM SISTEMA DE DRENAGEM índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

versão impressa ISSN 1415-4366versão On-line ISSN 1807-1929

Resumo

TORMENA, Cássio Antônio; SILVA, Álvaro Pires da; GONCALVES, Antônio Carlos Andrade  e  FOLEGATTI, Marcos Vinícius. INTERVALO ÓTIMO DE POTENCIAL DA ÁGUA NO SOLO: UM CONCEITO PARA AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FÍSICA DO SOLO E MANEJO DA ÁGUA NA AGRICULTURA IRRIGADA. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 1999, vol.3, n.3, pp.286-292. ISSN 1807-1929.  https://doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v3n3p286-292.

O manejo de irrigação tem sido estabelecido considerando-se apenas o potencial da água no solo, como fator limitante para o crescimento das plantas. O conteúdo de água do solo entre a capacidade de campo e o ponto de murcha permanente, foi definido como água disponível para as plantas; entretanto, a resistência à penetração e a aeração do solo também podem limitar o crescimento de plantas, mesmo com o potencial da água no solo estando dentro do intervalo correspondente à água disponível. O Intervalo Ótimo do Potencial da Água no Solo (IOP) é um conceito que incorpora os potenciais da água do solo associados à água disponível e, também, os potenciais da água do solo, nos quais há uma limitação para o crescimento de plantas associada a resistência à penetração e à aeração do solo. O objetivo deste trabalho foi caracterizar o IOP em um Latossolo Roxo argiloso, em Guaíra, SP, irrigado com um sistema de pivô de central. O IOP foi determinado usando-se a curva de retenção de água e a curva de resistência do solo à penetração, as quais foram obtidas a partir de oitenta e oito amostras indeformadas. O IOP variou de 0 a 1,49 MPa e foi negativamente correlacionado à densidade do solo (Ds). Para Ds > 1,09 Mg m-3, a resistência à penetração foi o limite superior do IOP, enquanto a aeração do solo definiu o limite superior para Db > 1,28 Mg m-3. Os limites de potencial correspondentes à água disponível foram iguais ao IOP, mas somente para Db < 1,09 Mg m-3.

Palavras-chave : água disponível; densidade global; manejo de irrigação; qualidade física do solo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )