SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 número2Eficácia da mistura dióxido de carbono-fosfina no controle de Sitophilus zeamais em função do período de exposiçãoEstudo comparativo de métodos para estimativa do carregamento e rendimento de motores elétricos para auditoria energética índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

versão impressa ISSN 1415-4366

Resumo

ARAUJO NETO, Sebastião Elviro de et al. Qualidade e vida útil pós-colheita de melancia Crimson Sweet, comercializada em Mossoró. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 2000, vol.4, n.2, pp. 235-239. ISSN 1415-4366.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662000000200017.

O objetivo desta pesquisa foi avaliar a qualidade e a vida útil pós-colheita de melancia cv. Crimson Sweet, comercializada em Mossoró, RN. A qualidade dos frutos foi avaliada por local de venda e tamanho de fruto. As melancias de tamanho grande e médio apresentaram melhor aparência externa e maior conteúdo de sólidos solúveis que aquelas de tamanho pequeno, enquanto as comercializadas na ocasião do desembarque apresentaram melhor aparência e maior firmeza. A avaliação da vida útil pós-colheita foi feita com frutos provenientes de um plantio comercial instalado em Mossoró, RN. A perda de peso foi de apenas 3,79%, o pH da polpa aumentou de 4,89 para 5,20, a acidez total titulável decresceu durante o armazenamento e os conteúdos de sólidos solúveis e açúcares solúveis totais não apresentaram correlação com o armazenamento, sendo que o primeiro variou de 7,63 a 9,55%. Os açúcares redutores apresentaram leve diminuição no final do armazenamento. A vida útil pós-colheita dos frutos foi avaliada em 12 dias.

Palavras-chave : Citrullus lanatus; qualidade; conservação; armazenamento.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português