SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número1Analytical models for population growth of Sitophilus zeamais in stored wheatAirflow resistance of pulped and dried cherry coffee bed índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

versión On-line ISSN 1807-1929

Resumen

CORREA, Paulo C.; A. JUNIOR, Paulo C.; RIBEIRO, Deise M.  y  SILVA, Fabrício S. da. Equilíbrio higroscópico de milheto, alpiste e painço: obtenção e modelagem. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 2006, vol.10, n.1, pp. 162-167. ISSN 1807-1929.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662006000100024.

Para oferecer informações sobre o equilíbrio higroscópico de milheto (Piptatherum miliaceum), alpiste (Phalaris canariensis L.) e painço (Setaria italica), desenvolveu-se este trabalho com o fim de determinar as isotermas de sorção para diferentes níveis de temperatura do ar (20 e 60 ºC) e de atividade de água do produto (0,20 a 0,80). A temperatura e a umidade relativa do ar foram controladas por meio de uma unidade condicionadora de ar, modelo Aminco-Aire 150/300 CFM, com fluxo de ar aproximadamente constante de 10 m3 min-1 m-2. Os resultados foram avaliados ajustando-se os seguintes modelos matemáticos: Chung-Pfost, Oswin, Smith e Henderson-Modificado. Com base nos resultados obtidos, concluiu-se que a equação proposta por Oswin foi, com seus parâmetros estimados, a que melhor representou os dados experimentais para o milheto, enquanto o modelo de Chung-Pfost o foi para alpiste e painço, quando comparado com os resultados das demais equações avaliadas.

Palabras llave : atividade de água; umidade de equilíbrio; modelos matemáticos.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués