SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número4Use of soil physico-hydrical characteristics to identify high density layers on a tableland soil at SergipeNO3- and NH4+ transport in a typic Haplortox aggregates with and without biological activity índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

versión On-line ISSN 1807-1929

Resumen

BRANCO, Roberto B. F. et al. Enxertia e água de irrigação carbonatada no transporte de 15N e na produção do tomateiro. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 2007, vol.11, n.4, pp. 374-379. ISSN 1807-1929.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662007000400005.

Estudaram-se os efeitos da aplicação de CO2, via água de irrigação, e da enxertia do tomateiro no transporte de 15N e na produção do tomateiro. Os tratamentos foram arranjados em delineamento inteiramente ao acaso no esquema fatorial 2 x 2 (com e sem CO2 na água de irrigação e tomateiro enxertado e pé-franco). A injeção do CO2 na água iniciou-se aos 34 dias após o transplante das mudas (DAT) e se prolongou em todas as irrigações. A aplicação do sulfato de amônio com abundância em átomos de 15N de 3,13% nas plantas destinadas à análise foi feita aos 45 DAT quando as plantas estavam em plena frutificação. Após 14 dias da aplicação do fertilizante (15N ) as plantas foram colhidas, lavadas, secadas e enviadas ao laboratório, para análise do 15N nos seus tecidos. Os resultados demonstraram que o CO2 e a enxertia não alteraram o transporte de 15N na planta. A produção de frutos comerciais foi maior quando se aplicou CO2 na água.

Palabras llave : Lycopersicon esculentum Mill; dióxido de carbono; cultivo protegido.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués