SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número12Resíduos sólidos urbanos na produção de mudas de Aegiphila sellowiana Cham.Atributos físicos do solo e produtividadesde soja e milho cultivadas com água residuária índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental

versão impressa ISSN 1415-4366versão On-line ISSN 1807-1929

Resumo

SILVA, Jéssica C. N. et al. Agregação, carbono e nitrogênio total do solo em integração lavoura-pecuária-floresta na Amazônia Oriental. Rev. bras. eng. agríc. ambient. [online]. 2018, vol.22, n.12, pp.837-842. ISSN 1807-1929.  http://dx.doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v22n12p837-842.

Os sistemas sustentáveis de produção agropecuária podem melhorar os atributos físicos do solo, além de aumentar os estoques de carbono e nitrogênio nos solos. Objetivou-se nesse trabalho avaliar as alterações na estabilidade de agregados, teores e estoques de carbono e nitrogênio após a conversão da floresta nativa para implantação de sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta, região Oeste do Pará. As coletas de solo de cinco sistemas de manejo foram realizadas em três profundidades, com delineamento experimental em blocos ao acaso, com cinco repetições. Foi avaliada a estabilidade dos agregados, densidade do solo, densidade da partícula e porosidade total do solo, além do carbono e nitrogênio total e seus respectivos estoques. A mata nativa apresentou os maiores porcentuais de macroagregados, seguida do sistema de integração com mogno africano. Na profundidade de 0-0,10 m os teores e estoques de carbono foram maiores na área de agricultura e no sistema de integração com cumaru. Na profundidade de 0-0,10 m os teores e estoques de nitrogênio foram maiores na mata nativa, seguida pelos sistemas de integração com mogno africano e cumaru. A área de pastagem estoca mais carbono ao longo das profundidades 0-0,10 a 0,10-0,20 m, quando comparada aos demais sistemas.

Palavras-chave : carbono orgânico; física do solo; sustentabilidade; Amazônia brasileira.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )