SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.2 número4A entrada do chiste na cena analíticaConsiderações sobre o diagnóstico em psicanálise índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental

versão impressa ISSN 1415-4714versão On-line ISSN 1984-0381

Resumo

CHAVES, Ernani. Walter Benjamin, Marcel Proust e a questão do sadismo. Rev. latinoam. psicopatol. fundam. [online]. 1999, vol.2, n.4, pp.27-51. ISSN 1984-0381.  https://doi.org/10.1590/1415-47141999004003.

O presente texto procura analisar a interpretação que Walter Benjamin faz da questão do sadismo na Recherche, de Marcel Proust, a partir das referências explícitas de Benjamin ao Além do princípio do prazer. Afastando-se tanto de uma interpretação “psicobiográfica” como da própria idéia proustiana de sadismo, Benjamin, recorrendo a Freud, pode oferecer uma interpretação tão instigante quanto complexa de uma das obras de literatura mais importantes e mais comentadas do nosso século. Nesta perspectiva, o que a interpretação de Benjamin destaca não são as famosas cenas de sadismo da Recherche, mas a “curiosidade” insaciável e, no limite, sadomasoquista, do “narrador”. Transpondo tal interpretação para o campo da análise da cultura, Benjamin acaba por revelar os traços radicais da crítica social em Proust: a “pulsão de morte” como organizadora das relações sociais na sociedade capitalista.

Palavras-chave : Narração; curiosidade; sadismo; pulsão; desejo de saber.

        · resumo em Espanhol | Francês | Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )