SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número4Os olhos de Deus e as mãos esquizofrênicas: escutando um paciente psiquiátrico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental

versão impressa ISSN 1415-4714

Resumo

CELERI, Eloisa Helena Rubello Valler; JACINTHO, Antonio Carvalho de Ávila  e  DALGALARRONDO, Paulo. Charles Darwin: um observador do desenvolvimento humano. Rev. latinoam. psicopatol. fundam. [online]. 2010, vol.13, n.4, pp.558-576. ISSN 1415-4714.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-47142010000400002.

Os autores traduzem, pela primeira vez para o português, o artigo de Charles Darwin "A Biographical Sketch of an Infant", publicado no periódico Mind em julho de 1877. Utilizando anotações de observações do desenvolvimento de seus filhos, especialmente de seu filho mais velho William Erasmus (Doddy), Darwin descreve e estuda, a partir de seu enfoque naturalista, o filhote humano, narrando os primeiros indicativos comportamentais de emoções tais como raiva e medo, curiosidade e senso moral, o brincar e o prazer envolvido nesta atividade, a capacidade de imitação e os primeiros indícios daquilo que hoje conhecemos como "teoria da mente". Colocando-se questões sobre as capacidades do bebê, como eles aprendem e como se comunicam e levantando hipóteses sobre possíveis significados de certos comportamentos, questões ainda hoje fundamentais para o estudo do desenvolvimento humano, Darwin mostra-se também um pioneiro no estudo do bebê e da criança pequena, numa época na qual as capacidades dos bebês eram extremamente subestimadas e desconsideradas.

Palavras-chave : Darwin; desenvolvimento do bebê e da criança pequena.

        · resumo em Inglês | Francês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons