SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número3Fatores desencadeadores, estrutura e função do sintoma fóbico na infância: análise clínica de dois casos paradigmáticosUma paixão devastadora índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental

versão impressa ISSN 1415-4714versão On-line ISSN 1984-0381

Resumo

BONOMI, Tomás Moraes Abreu  e  BERLINCK, Manoel Tosta. O mau cheiro como estratégia de sobrevivência. Rev. latinoam. psicopatol. fundam. [online]. 2016, vol.19, n.3, pp.420-436. ISSN 1415-4714.  http://dx.doi.org/10.1590/1415-4714.2016v19n3p420.4.

O presente trabalho tem como base a narrativa de um atendimento clínico, no qual a paciente procura análise, pois todos os seus relacionamentos amorosos fracassavam causando-lhe intenso sofrimento. Ao longo dos atendimentos ela diz saber o porquê desses fracassos: ela fede. Formulamos a hipótese clínica de que o mau cheiro se insere na economia psíquica da paciente como um mecanismo de defesa e, tomando o conceito de narcisismo como norteador, discutimos o papel da alucinação olfativa na sustentação psíquica da paciente.

Palavras-chave : Alucinação olfativa; narcisismo; mecanismo de defesa; psicanálise.

        · resumo em Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Chinês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )