SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número3A pandemia das imagens: retóricas visuais e biopolíticas do mundo covídicoMedo, perplexidade, negacionismo, aturdimento - e luto: afetos do sujeito da pandemia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental

versão impressa ISSN 1415-4714versão On-line ISSN 1984-0381

Resumo

FERRARI, Ilka Franco; JANUZZI, Mônica Eulália da Silva  e  GUERRA, Andréa Máris Campos. Pandemia, necropolítica e o real do desamparo. Rev. latinoam. psicopatol. fundam. [online]. 2020, vol.23, n.3, pp.564-582.  Epub 30-Out-2020. ISSN 1984-0381.  https://doi.org/10.1590/1415-4714.2020v23n3p564.8.

O texto aborda a realidade social assolada pelo real que a pandemia de COVID-19 instaurou, considerando de modo mais específico o contexto brasileiro. Seu desenvolvimento reflete sobre os efeitos subjetivos deste contexto, ponderando laços sociais que contam com a circulação da morte, somadas às leis imperiosas e impiedosas do discurso da ciência aliado ao discurso do capitalista e o mercado. A gestão precária da saúde pública, fundamentada numa lógica necropolítica constitui imaginariamente um outro inimigo, que vigora como política de Estado e reduplica o desamparo inerente à condição humana. A conclusão indica que este momento, propício para a pulsão de morte se desvelar, abre portas para transformações na política e para o aparecimento da nobreza humana que vivifica os corpos diante de situações dramáticas, ainda que o real se mantenha no horizonte do mal-estar na civilização.

Palavras-chave : Necropolítica; pandemia; real; desamparo.

        · resumo em Inglês | Francês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )