SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue2Family number in common bean selectionGenetic relatedness between cassava (Manihot esculenta Crantz) and M. flabellifolia and M. Peruviana based on both RAPD and AFLP markers author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Genetics and Molecular Biology

Print version ISSN 1415-4757On-line version ISSN 1678-4685

Abstract

BARROS, Everaldo G. de; TINGEY, Scott  and  RAFALSKI, J. Antoni. Sequence characterization of hypervariable regions in the soybean genome: leucine-rich repeats and simple sequence repeats. Genet. Mol. Biol. [online]. 2000, vol.23, n.2, pp.411-415. ISSN 1415-4757.  https://doi.org/10.1590/S1415-47572000000200029.

A base genética da soja cultivada é relativamente estreita. Essa observação foi confirmada por análises de características agronômicas entre diferentes genótipos e, mais recentemente, pelo uso de marcadores moleculares. Durante a construção de um mapa de RFLP da soja (Glycine soja x Glycine max), os dois progenitores foram analisados com mais de 2000 sondas, das quais 25% eram polimórficas. Entre as sondas que revelaram polimorfismos, uma pequena proporção, cerca de 0,5%, hibridizou com regiões que eram altamente polimórficas. Neste trabalho, são apresentados o seqüenciamento e análise de cinco dessas sondas. Três dessas sondas contêm segmentos que codificam repetições ricas em leucina que são homólogas a genes de resistência a doenças já conhecidos em plantas. As duas outras sondas são relativamente ricas em AT e contêm segmentos do tipo (A)n/(T)n. Segmentos de DNA correspondentes a uma das sondas (A45-10) foram amplificados a partir de nove genótipos de soja. Seqüenciamento parcial desses amplicons sugere que deleções e/ou inserções são responsáveis pelo extensivo polimorfismo observado. Nós propomos que os genes que codificam proteínas com repetições ricas em leucina e regiões de seqüências repetidas simples, que são passíveis do fenômeno de slippage (deslizamento), estão entre as regiões mais variáveis do genoma da soja.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License