SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número5Suprimento de micronutrientes, adequação energética e progressão da dieta enteral em adultos hospitalizadosAvaliação in vivo da qualidade protéica do champignon do Brasil (Agaricusbrasiliensis Wasser et al.) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista de Nutrição

versão impressa ISSN 1415-5273

Resumo

BUZZACHERA, Cosme Franklim et al. Prevalência de sobrepeso e obesidade geral e central em mulheres idosas da cidade de Curitiba, Paraná. Rev. Nutr. [online]. 2008, vol.21, n.5, pp. 525-533. ISSN 1415-5273.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732008000500005.

OBJETIVO: Investigar a prevalência de sobrepeso e obesidade geral e central em uma amostra representativa da população de mulheres idosas do município de Curitiba, Paraná. MÉTODOS: Este estudo apresentou delineamento observacional, transversal e descritivo. As variáveis índice de massa corporal e da circunferência de cintura foram obtidas para a determinação do sobrepeso e obesidade geral e central, respectivamente. Medidas de tendência central, variabilidade, freqüências relativas e absolutas em cada faixa etária, dentro das categorias de índice de massa corporal e circunferência de cintura, foram verificadas. RESULTADOS: Participaram deste estudo 1069 mulheres com idade superior a 60 anos (média=69,5, desvio-padrão=6,1 anos). Em relação às categorias do índice de massa corporal, a maioria dos sujeitos teve seu estado nutricional classificado como sobrepeso (43,5%), seguido por obesidade (34,0%) e normalidade (22,5%). Por sua vez, a obesidade (45,1%) foi a condição nutricional prevalente em relação às categorias para a circunferência de cintura, seguida por sobrepeso (33,1%) e normalidade (21,8%). Além disso, o sobrepeso e a obesidade geral diminuíram da primeira para a última faixa etária (-20,4% e -11,6%, respectivamente), enquanto a normalidade elevou-se substancialmente (+75,3%). Resultados similares foram verificados em relação à adiposidade central, nos quais as condições de sobrepeso e obesidade declinaram 14,3% e 8,3%, respectivamente. CONCLUSÃO: Uma elevada prevalência de sobrepeso e obesidade geral e central foi verificada entre as mulheres idosas da cidade de Curitiba (PR), independentemente da idade. Programas públicos visando à prevenção e à redução do excesso de adiposidade corporal a partir de intervenção nos padrões de ingestão dietética e gasto energético, como a prática regular de exercício físico, tornam-se necessários nesta população.

Palavras-chave : Adiposidade; Envelhecimento; Fatores socioeconômicos; Mulheres; Obesidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português