SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue2Height of adolescents enrolled in public schools in Paraná state, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Nutrição

Print version ISSN 1415-5273

Abstract

SANTOS, Carla Danusa da Luz; CLEMENTE, Ana Paula Grotti; MARTINS, Paula Andrea  and  SAWAYA, Ana Lydia. Influência do déficit de estatura nos desvios nutricionais em adolescentes e pré-adolescentes. Rev. Nutr. [online]. 2009, vol.22, n.2, pp. 187-194. ISSN 1415-5273.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732009000200001.

OBJETIVO: Avaliar a influência do déficit estatural nos desvios nutricionais em pré-adolescentes e adolescentes de baixa renda. MÉTODOS: Calculou-se o Índice de Massa Corporal a partir do peso e da estatura de alunos da rede pública entre 4 e 8ª séries. Foram utilizadas as tabelas do National Center for Health Statistics de 2000 para crianças e adolescentes e foi considerado excesso de peso Índice de Massa Corporal/Idade>P85 e déficit de peso Índice de Massa Corporal/Idade <P5. Déficit estatural foi classificado quando estatura/idade foi menor que -1 desvio-padrão. Foram comparadas as proporções de baixo peso e excesso de peso nos grupos com e sem déficit estatural, de acordo com sexo e faixa etária. RESULTADOS: Foram avaliados 3 766 jovens sendo 50,4% do sexo feminino. A média de idade foi de 12,8, desvio-padrão de 2,0 anos, sem diferença significante entre os grupos. No grupo com déficit de estatura, observou-se que o excesso de peso é mais prevalente entre os mais velhos. Naqueles sem déficit de estatura a distribuição por idades foi semelhante para as três classificações de Índice de Massa Corporal/Idade. A distribuição por sexo mostra que o excesso de peso no grupo com déficit de estatura foi mais acentuada entre as meninas (76,1%) enquanto que no grupo com estatura normal a diferença foi mínima entre os sexos (4,4%). CONCLUSÃO: Na presença do déficit de estatura, o excesso de peso foi mais prevalente nos maiores de 12 anos e entre o sexo feminino. Os meninos sem déficit de estatura mostraram uma proporção maior de excesso de peso em relação aos com déficit de estatura.

Keywords : Adolescente; Deficiências nutricionais; Estatura.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese