SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue3Dietary fat content, serum lipid levels and body weight of exercised ratsFood habits, blood lipid levels and antioxidant status of young adults smokers and non-smokers author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Nutrição

Print version ISSN 1415-5273On-line version ISSN 1678-9865

Abstract

MACHADO, Soraia Pinheiro; SAMPAIO, Helena Alves de Carvalho  and  LIMA, José Wellington de Oliveira. Caracterização antropométrica de portadores de câncer de próstata do Ceará, Brasil. Rev. Nutr. [online]. 2009, vol.22, n.3, pp.367-376. ISSN 1415-5273.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732009000300007.

OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo determinar a situação antropométrica de portadores de câncer de próstata, com foco específico na determinação da proporção de excesso de peso e obesidade e do grau de risco para desenvolver doenças crônicas. MÉTODOS: Trata-se de um estudo descritivo, englobando 220 homens com diagnóstico de câncer de próstata, atendidos em uma instituição de referência do Ceará, entre março e agosto de 2006. Os pacientes responderam a um formulário semi-estruturado contendo dados demográficos e socioeconômicos e peso habitual anterior ao diagnóstico da doença. Tiveram aferidas as medidas antropométricas de peso, altura e circunferência da cintura. Calculou-se o índice de massa corporal, tanto atual como habitual, para classificação do estado nutricional, segundo parâmetros da Organização Mundial de Saúde; também a circunferência da cintura foi avaliada segundo os parâmetros da mesma entidade. Compararam-se as distribuições pareadas, anterior e atual, do peso e do Índice de Massa Corporal pelo teste dos postos sinalizados de Wilcoxon. RESULTADOS: A proporção atual de excesso de peso e obesidade nos pacientes estudados foi, respectivamente, de 53,64% e 15,0%, e de 54,23% e 15,92%, no passado, sem diferença estatisticamente significante com o passar do tempo (p=0,710). A maioria deles (61,28%) apresentou risco aumentado ou alto risco para desenvolver doenças crônicas. CONCLUSÃO: A alta prevalência, passada e atual, de excesso de peso e obesidade, associada à presença de gordura abdominal verificada no grupo, representa risco para o desenvolvimento de doenças crônicas em geral.

Keywords : Antropometria; Neoplasias da próstata; Obesidade; Peso corporal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License