SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue6The baby-friendly hospital initiative as perceived by the social actors who experience it in Teresina, Piauí, BrazilAstaxanthin: structural and functional aspects author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Nutrição

Print version ISSN 1415-5273

Abstract

LONGO-SILVA, Giovana; TOLONI, Maysa Helena de Aguiar  and  TADDEI, José Augusto de Aguiar Carrazedo. Traffic light labelling: traduzindo a rotulagem de alimentos. Rev. Nutr. [online]. 2010, vol.23, n.6, pp. 1031-1040. ISSN 1415-5273.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732010000600009.

OBJETIVO: Apresentar uma adaptação do Traffic Light Labelling, ou "Semáforo Nutricional", adotado no Reino Unido e outros países da Europa, às normas vigentes no Brasil e classificar produtos industrializados comercializados no país. MÉTODOS: Esta ferramenta baseia-se na utilização das cores do semáforo para valorar concentrações de gorduras total, saturada e trans, açúcar, sódio e fibra correspondente a 100g ou 100mL do produto. O sinal vermelho indica que o nutriente está presente em quantidade excessiva; o amarelo, média e o verde, adequada. Para fibras as baixas concentrações têm cor vermelha e as recomendadas, verde. A adaptação e aplicação desses conceitos para consumidores brasileiros fundamentaram-se nas normas do Regulamento Técnico Referente à Informação Nutricional Complementar da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e da Food Standards Agency. RESULTADOS: Foram classificados cem produtos industrializados, os quais foram selecionados da página eletrônica de um hipermercado brasileiro, optando pelos primeiros cinco a oito produtos listados na página, para cada uma das 17 categorias. A análise mostra que são altas as quantidades de gordura total, saturada e sódio e baixas as quantidades de gordura trans e fibra. CONCLUSÃO: A adaptação dessa metodologia visa facilitar a escolha de alimentos saudáveis, sensibilizando os consumidores quanto às desvantagens no que se refere a qualidade nutricional dos alimentos industrializados, e estimular as indústrias a melhorar a composição nutricional de seus produtos, sob a perspectiva de receberem maior quantidade de sinais verdes e menor quantidade de sinais vermelhos; assim, contribuindo para a prevenção de erros alimentares, obesidade e doenças crônicas não-transmissíveis, principais causas de incapacidade e mortes precoces no Brasil.

Keywords : Alimentos industrializados; Consumo de alimentos; Informação nutricional; Rotulagem de alimentos; Rotulagem nutricional.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese