SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número1Mediations among concepts, knowledge and policies on food, nutrition and food and nutrition securityHypolipidemic effect of camu-camu juice in rats índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista de Nutrição

versión impresa ISSN 1415-5273

Resumen

RECINE, Elisabetta et al. A formação em saúde pública nos cursos de graduação de nutrição no Brasil. Rev. Nutr. [online]. 2012, vol.25, n.1, pp. 21-33. ISSN 1415-5273.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732012000100003.

OBJETIVO: Caracterizar a formação em saúde pública nos cursos de graduação em Nutrição, considerando o perfil dos professores e disciplinas oferecidas na área de Nutrição em Saúde Pública. MÉTODOS: Estudo transversal tendo sido enviados questionários a todas as instituições públicas e particulares brasileiras com graduação em Nutrição e com ao menos uma turma formada até o primeiro semestre de 2010 (n=296). Avaliou-se, o tempo de funcionamento dos cursos; número de vagas, oferta de cursos de pós-graduação; disciplinas que compõem a área de Nutrição em Saúde Pública, carga horária, distribuição de horas entre aulas teóricas e práticas e formação dos professores por elas responsáveis. RESULTADOS: Foram recebidos 65 questionários (22,0%). A maioria dos cursos destinou no máximo 30% da carga horária total para as disciplinas de Nutrição em Saúde Pública. Em média, 82,2% das disciplinas de Nutrição em Saúde Pública eram obrigatórias. Quase um quarto da carga horária das disciplinas de Nutrição em Saúde Pública é destinado a atividades práticas. Nas instituições públicas, 48,0% dos cursos apresentavam mais da metade do total de professores nutricionistas, contra 17,5% nas particulares. CONCLUSÃO: A área de Nutrição em Saúde Pública caracteriza-se pelas disciplinas de Avaliação Nutricional, Educação Nutricional, Nutrição em Saúde Pública e Epidemiologia. Nos cursos estudados identificou-se a necessidade de aumentar a oferta de disciplinas que contribuam para a formação de profissionais voltados para o Sistema Único de Saúde, com capacidade de análise dos problemas nutricionais considerando o contexto histórico-político-econômico-demográfico-ambiental e epidemiológico. Percebeu-se ainda insuficiência na abordagem de áreas que não strito sensu de saúde como alimentação escolar e segurança alimentar e nutricional.

Palabras llave : Formação profissional; Nutricionista; Nutrição em saúde pública.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués