SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue5Early malnutrition and production of IFN-γ, IL-12 and IL-10 by macrophages/lymphocytes: in vitro study of cell infection by methicillin-sensitive and methicillin-resistant Staphylococcus aureusPerception of teachers and students about the education of dieticians who specialize in public health author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Nutrição

Print version ISSN 1415-5273

Abstract

LUZ, Gabrielle da et al. Suplementação de ácidos graxos poli-insaturados ômega-3 reduz marcadores inflamatórios e melhora a ação da insulina em fígado de camundongos. Rev. Nutr. [online]. 2012, vol.25, n.5, pp. 621-629. ISSN 1415-5273.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732012000500007.

OBJETIVO: Avaliar os efeitos da suplementação do ácido graxo poliinsaturado ômega-3 (n3) sobre a sinalização da insulina e via próinflamatória no tecido hepático de camundongos. MÉTODOS: Camundongos Swiss foram divididos em seis grupos que receberam, por gavagem esofágica, diferentes doses de óleo de peixe contendo ômega-3 (1mg, 5mg, 10mg e 50mg). O grupo-controle recebeu água. Para determinar os efeitos do ômega-3 dependentes de dose e tempo, a glicemia de jejum foi avaliada nos dias 0 (sem suplementação), 14 e 21 (após suplementação). Como o grupo n-3-21dias (21 dias de suplementação) apresentou menor nível de glicemia, esse intervalo de tempo foi selecionado para as análises moleculares. Após jejum de 8 horas, amostras do tecido hepático foram obtidas do grupo-controle, e n-3-21dias e análises das vias de sinalização da insulina e próinflamatória foram realizadas por western blot. RESULTADOS: Os resultados mostraram que a dose de 10mg induziu maior redução na glicemia no 14° e no 21° dias quando comparada às demais doses. Dessa forma, essa foi a dose utilizada nos experimentos de análises moleculares e foi a que diminuiu de forma significativa a fosforilação da c-Jun n-terminal quinase e quinase e níveis proteicos do fator de transcrição Kappa B. Em paralelo, foi observado aumento na fosforilação do receptor da insulina, substrato do receptor de insulina 1 e proteína quinase B. CONCLUSÃO: O presente estudo sugere que o ômega-3 induza melhora na via de sinalização da insulina no fígado de camundongos, pelo menos em parte, por reduzir inflamação. Esses resultados podem explicar menores níveis de glicose de jejum.

Keywords : ácidos graxos insaturados; Fígado; Inflamação; Resistência à insulina.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese